Claudia Lara
TEXTOS
DIVERSÃO


Claudia de Lara utiliza o recorte do cotidiano para aprisionar o movimento. Nesse ato de fragmentar e congelar a realidade, a artista discute não só a arte, mas também se posiciona para olhar a contemporaneidade. Esses questionamentos encontram ressonância na sociedade atual, que é em essência fragmentária. Nesse “Slow-motion” onde a perspectiva é distorcida, Claudia, ao reter o tempo captura-o para pesquisar a cor e dessa forma devolve o movimento ao instante congelado.

... A artista busca os seus objetos de desejo-artistico num universo lúdico fora de seus domínios...

*Walkyria Novais é formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Paraná, em Artes Visuais pela Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul e pós-graduada em Poéticas Contemporânea no Ensino da Arte, pela Universidade Tuiuti do Paraná.

“ Claudia de Lara utiliza a fotografia para revelar momentos muito específicos do mundo contemporâneo. Consegue captar um único vies por trás do olho de sua câmera. Fotos, filtros, distorções e saturação são a base para um trabalho rico em cores e movimento. Em sua série “Diversão” ela lançou um desafio que mistura a técnica da fotografia à técnica da pintura e alguns desafios ao humanismo como sensações de medo, alegria e insegurança, em um mundo aonde a velocidade torna-se incontrolável no seu turbilhão.”

Ricardo Fernandes

Member of ABD (Brazilian Association of Interior Designers)

Member of AICA (International Association of Art Critics)

“Claudia de Lara parte primeiro da fotografia, em seguida desenha as composições em acrílico. Animado, cheio de cor, a distorção reina suprema.”

Artigo “Rouge Brésil” de Alexandre Crochet, Revista La Gazette Drouot - L’hebdo des ventes aux enchéres. Nº15, abril de 2011, p. 179.

 

Direitos Reservados - Claudia Lara

By Arte Macao